Tecmater - Equipamentos de proteção individual

O que é Diálogo Diário de Segurança - DDS

O SESMT tem diversas formas conscientizar os funcionários para estimular a prevenção de acidentes e o surgimento de doenças ocupacionais.

Uma das formas mais eficientes usadas atualmente tem sido o diálogo diário de segurança, popularmente conhecido como DDS.

 

LEGISLAÇÃO PARA EMBASAR O DDS

Não encontrará o termo DDS (Diálogo Diário de Segurança) em nenhuma NR! Mas, encontrará em várias normas que o empregador é obrigado a relatar os riscos do ambiente de trabalho aos empregados, bem como, as medidas preventivas, e é aí que entra o DDS!

Vamos citar aqui apenas duas normas que servem para embasar o DDS.

NR 1.7 Cabe ao empregador:

a) ,…

b) ,…

c) informar aos trabalhadores:

I. os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;

II. os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;

 

NR 9.5.2 Os empregadores deverão informar os trabalhadores de maneira apropriada e suficiente sobre os riscos ambientais que possam originar-se nos locais de trabalho e sobre os meios disponíveis para prevenir ou limitar tais riscos e para proteger-se dos mesmos.

 

Para que serve o DDS?

O DDS serve para divulgar as medidas de prevenção de acidentes de trabalho que deverão ser adotadas e mostrar os riscos presentes no ambiente.

 

Objetivo do DDS

Conscientizar o funcionário antes do mesmo iniciar as atividades laborais. Informar sobre procedimentos de segurança que deverão ser adotados por todos os trabalhadores envolvidos.

 

Quando e onde deve ser feito?

Deve ser realizado antes de iniciar o expediente de trabalho.

Os Diálogos de Diários de Segurança deverão sempre ser realizados próximo aos locais onde as atividades serão realizadas, devem ter duração média de 10 minutos.