Tecmater - Equipamentos de proteção individual

PF conclui inquérito da tragédia de Mariana e indicia 8 pessoas

A Polícia Federal em Minas Gerais informou, nesta quinta-feira (9), que concluiu o inquérito sobre o rompimento da barragem de Fundão em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, e a consequente contaminação do Rio Doce e da área costeira, no Espírito Santo. Segundo a corporação, oito pessoas e a Samarco, a Vale e a consultoria VogBR foram indiciadas por crimes ambientais e danos contra o patrimônio histórico e cultural.

Em janeiro, antes da conclusão do inquérito, a Samarco, a Vale (dona da Samarco), a empresa VogBR - consultoria responsável pela declaração de estabilidade da barragem - e sete executivos e técnicos já havim sido indiciados. Dentre eles, o diretor-presidente licenciado da Samarco, Ricardo Vescovi.